Arquitetura da mente

14/03/2017

Artista usa arquitetura para explicar 16 doenças mentais e distúrbios

Com informações do blog Bastante Interessante

O artista Federico Babina acaba de lançar um novo projeto chamado Archiatric, que retrata 16 diferentes condições de saúde como obras de arquitetura em vários estados de “construção/reparação. Os desenhos são abstratos, mas para quem vive com a agonia de algum transtorno mental.

Babina é conhecida pelo trabalho inspirado na arquitetura, usando um estilo geométrico único. Os seus projetos são frequentemente surreais, contudo, sublinhados com algum humor.

De acordo com um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) publicado em fevereiro deste ano, 264 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com transtornos de ansiedade, uma média de 3,6% da população. O número representa uma alta de 15% em comparação a 2005.

Uma vez mais, o Brasil lidera na América Latina, com 9,3% da população com algum tipo de transtorno de ansiedade. A taxa, porém, é três vezes superior à média mundial. Os índices brasileiros também superam de uma forma substancial as taxas identificadas nos demais países da região. No Paraguai, a taxa é de 7,6%, contra 6,5% no Chile e 6,4% no Uruguai.

Em números absolutos, o Sudeste Asiático é a região que mais registra casos de transtornos de ansiedade: 60 milhões, 23% do total mundial. No segundo lugar vêm as Américas, com 57,2 milhões e 21% do total.

No total, a OMS ainda estima que, a cada ano, as consequências dos transtornos mentais gerem uma perda econômica de US$ 1 trilhão para o mundo.

# 1 Ansiedade

# 2 Depressão

# 3 Insônia

# 4 Demência

# 5 Transtorno obsessivo-compulsivo

# 6 Alzheimer

# 7 Esquizofrenia

 

# 8 Autismo

# 9 Bipolar

# 10 Fobias

# 11 Paranoia

 

# 12 Dislexia

# 13 Distúrbio Dissociativo

# 14 Transtorno Alimentar

# 15 Transtorno de gênero

# 16 Narcolepsia

Tirinhas

Uma matéria assinada por Amanda Mont’Alvão Veloso no Huffpost Brasil, mostra uma seleção de tirinhas que abortam o tema da saúde mental também com humor e sensibilidade.

Que tal discutirmos a dependência de remédios para ser sempre produtivo(a) e eficiente? (via André Dahmer/Malvados):

Amizades são fundamentais para se combater a depressão (via André Dahmer/Malvados):

Adivinhar o futuro é um desejo bem antigo da humanidade. O problema é que ele é incerto até mesmo para uma cigana (via Filho do Freud):

Uma tristeza pode esconder um pedido de socorro (via Anna Bolenna – A Perturbada da Corte):

Onde anda a empatia com o sofrimento alheio? (via Anna Bolenna – A Perturbada da Corte):

Ter medo de viver é mais preocupante do que temer a morte (via Última Quimera):

Podemos viver à sombra do ideal de alguém, ou partir em busca do próprio desejo… (via Anna Bolenna – A Perturbada da Corte):

Essa tirinha explica boa parte das nossas angústias (via Devaneios com Sigmund e Freud)

E o que dizer das nossas limitações? (via Devaneios com Sigmund e Freud)

Pra que terapia????? (via Bichinhos de Jardim):

Que atire a primeira pedra quem nunca entrou no consultório reclamando… de tudo! (via Psi Tiras)

Afinal: terapeutas e analistas falam? (via Psi Tiras)

Por fim, o que podemos aprender com a nossa busca pela felicidade? (via Zen Pencils)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.