Como ir trabalhar de bike

05/06/2017
 Os ciclistas estão a caminho da Ponte Williamsburg e entraram no trânsito após o trabalho numa sexta-feira em 2016. CréditoVictor J. Blue para The New York Times

Por AC Shilton
Publicado no The NY Times em 30/5/2017

Se os ciclistas parecem ser um pouco mais felizes do que o passageiro de um carro, você não está imaginando coisas: um estudo recente descobriu que os viajantes de duas rodas são mais felizes.

Andar de bicicleta no meio do trânsito pode parecer assustador, mas os benefícios valem a pena: exercitar-se regularmente, economizar dinheiro, diminuir a sua pegada de carbono, absolver-se da culpa de ter comido uma guloseima.

Benefícios de lado, que mais os felizes ciclistas têm mais que os demais motoristas? Controle.”Se você está esperando um ônibus ou está preso no trânsito, você não tem esse mesmo nível de controle”, disse o Dr. Oliver Smith, o autor do estudo, que foi publicado no The Journal of Transport and Health . “Para muitos, é uma dos poucos momentos do dia de trabalho quando temos controle sobre o que estamos fazendo”.

Abaixo,  algumas coisas que um ciclista iniciante deve saber.

Sem riscos

De duas rodas na Market Street em San Francisco. Foto: Jason Henry para The New York Times.

Sair das calçadas: em muitos lugares, andar de bicicleta em calçadas coloca em risco os pedestres que podem não te ver ou ouvir e o coloca fora do campo de visão dos motoristas.

Ciclovias: As regras locais podem variar (aqui está uma lista de leis ), mas a maioria dos locais permite que os ciclistas viajem no meio de uma faixa regular. Se um motorista não pode passar com segurança, é mais seguro andar no centro da pista e fazer o tráfego esperar atrás de você.

Sinalize com as mãos: os ciclistas têm seu próprio idioma de sinais de mão que indicam quando estão diminuindo a velocidade ou quando pretende virar. Estude até que você possa permitir que os motoristas e outros ciclistas ao seu redor saibam o que você vai fazer antes de fazê-lo. Você pode aprender mais aqui.

Cuidado com os carros estacionados: se houver uma fileira de carros à sua direita, deixe pelo menos um metro e meio de distância entre você e as portas, Para o caso de um motorista abrir uma porta sem checar se vem alguém.

Nada de fone de ouvido: Você precisa de todos os seus sentidos ao andar. Se você precisa ter música, considere um pequeno dispositivo portátil. Os fones bloqueiam muito o ruído do tráfego ambiental para ser uma opção segura.

Conecte-se: outros ciclistas são seus melhores aliados na busca de estradas com bicicleta. Atenção às questões de detalhe quando se equilibram em algumas polegadas quadradas de borracha, e os pilotos regulares conhecem os contornos de uma cidade, os estrangulamentos e as estradas da escola, onde mensagens de texto ao volante podem sair sem olhar.

Se você não conhece outros que fazem o mesmo trajeto de bike, procure um grupo de ciclismo como o Vá de Bike. Muitas vezes, essas organizações publicam mapas que mostram rotas amigáveis ​​para bicicletas.

Finalmente, preste atenção quando estiver pedalando. Se você vê muitos ciclistas em uma via, isso provavelmente significa que é um bom lugar para andar. Além disso,  significa que os motoristas estão sintonizados com os ciclistas.

Segurança para sua bike

Qual bicicleta é mais provável de ser roubada? Aquela que parece mais fácil de roubar. Então, invista em uma boa trava. Foto: Michael Appleton para The New York Times.

O ciclismo pode ser caro, especialmente se você odeia tecnologia de ponta. Mas uma bike confiável é mais importante do que pedalar como se fosse profissional. Garanta alguns bons acessórios e você chegará ao seu destino com segurança e comodidade.

Bicicleta: O pessoal da Wirecutter, uma empresa especializada em testar equipamentos dos mais vários tipos, passou cerca de 30 horas avaliando cerca de 50 bicicletas e descobriu que a Marin Fairfax SC1 é a melhor bicicleta se precisar de uma pedalada confiável para trabalhar e um bom veículo para o exercício de fim de semana.

Rack, cesta ou pannier: Claro, você pode transportar suas coisas em uma bolsa de mensageiro ou uma mochila, mas colocar suas coisas em um rack separado tira suas costas, fazendo sua pedalada mais confortável. Aqui estão as escolhas do Wirecutter para o melhor rack, cesta e pannier .

Travas: a bicicleta mais atraente para a maioria dos ladrões é a que é mais fácil de roubar. Sua trava ou corrente não precisa ser impenetrável, só precisa ser melhor do que as outras. Wirecutter recomenda o Kryptonite Evolution Mini-7.

Buzina: Algo que você precisa se estiver em ruas movimentadas.

Paralamas: o pneu traseiro pode trazer água e sujeira da pista cobrindo você em uma mistura de óleo de motor, lama, água de chuva e muito mais. Paralamas mantém a água da via longe de você.

Capacete: nos EUA, a maioria das mortes  (54% em 2015, de acordo com o Instituto de Seguros para Segurança Rodoviária ) envolvem ciclistas que não usavam capacetes. A melhor escolha é o Echelon II .

Luzes: Se você tem que chegar antes do amanhecer ou ficar até mais tarde e pedalar para casa no escuro, precisará de uma luz branca para a frente da sua bicicleta e uma vermelha para as costas (e como buzinas, isso pode ser exigência da lei). Experimente o Light & Motion Urban 350 para uma luz dianteira e o Cygolite Hotshot 50 na parte de trás. Os refletores podem ser necessários também e devem ser padronizados em qualquer bicicleta que você comprar.

Identificação pessoal: se você compra uma pulseira de identificação especializada (como RoadID ) ou apenas carrega sua carteira de motorista, ter uma identificação é imprescindível, para que em um acidente a equipe de socorro  possa lhe identificar rapidamente.

Kits para reparos:  Aqui está tudo o que você precisa, juntamente com instruções sobre como usá-los.

Chegar bem

O medo de chegar em uma reunião com manchas de suor é real, especialmente durante o verão. Mas há uma maneira simples de evitar esse destino: “Você não precisa fazer seu trajeto rápido”, explica Bill Nesper, diretor executivo interino da Liga dos American Bicyclists.

Outra opção para combater o suor é comprar uma E-bike,  uma bicicleta com um pequeno motor elétrico. “Eu consegui uma E-bike quando estava com 36 semanas de gravidez e prolongou a minha capacidade de andar”, disse Dena Driscoll, da Filadélfia. Com uma bateria pequena e recarregável, o motor funciona apenas se você estiver pedalando. ” Não te torna preguiçoso. Isso só faz você se sentir mais ambicioso “, disse ela, acrescentando que isso lhe permite pedalar colinas íngremes mesmo que sua bicicleta esteja carregada de crianças e mantimentos.

Prepare seu escritório

Um evento de Bike to Work em San Francisco em 2009. CréditoJustin Sullivan / Getty Images

Quanto menos coisas você tiver que carregar  em sua bicicleta, mais divertido será. Estoque de roupas extras, artigos de higiene pessoal e lanches em uma gaveta do escritório irá salvá-lo e é útil quando as emergências relacionadas com o clima atacam.

Aqui está o que você precisa:

Roupa extra: sapatos de trabalho e uma jaqueta/paletó em seu escritório.

Jornal: forre com jornal o interior dos tênis para secá-los mais rápido (serve para suor).

Artigos de higiene pessoal : considere manter um kit ” refrescante” na gaveta da mesa composto de talco para bebê, que desumidifica os pés encharcados (e outros pedaços), shampoo seco, que pode dar ao cabelo do capacete um olhar acabado de lavar, lenços umedecidos  para retirar graxa e outras sujeiras, um leave in de cabelo e um desodorante extra.

Toalha:  Ter uma toalha limpa aumentará seu humor mais do que você sabe. Na sexta-feira, coloque-o na sua bolsa e leve-a para a lavagem.

Snacks: se você sentir baixa motivação na hora anterior ao seu passeio para casa, você pode precisar de uma infusão de carboidratos. Eu sempre mantenho barras de granola, nozes ou outro lanche saudável pronto.

Deixe a bike em casa de vez em quando

Está chovendo. Está quente. Você não está sentindo vontade. Tudo bem, não pedale.

Não há uma regra que diga que os ciclistas têm obrigação de pedalar todo dia,ou que precisa se sentir culpado por perder um dia.

“Muitas pessoas não percebem que podem dividir seus destinos com diferentes tipos de opções de trânsito”, disse Nesper, acrescentando que os ciclistas geralmente acabam se tornando consumidores de trânsito inteligentes. “Muitos ônibus da cidade agora têm racks de bicicletas sobre eles”, e alguns sistemas de metrô permitem bicicletas. E se essas não são opções, deixe sua bicicleta em casa e pegue um táxi ou transporte público.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.