Desliga e se liga na vida

22/12/2017

Do CCSP

Para alertar a população a respeito do perigo de usar celular ao volante – terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil e primeira no mundo* –, a Wunderman e a Webmotors lançam a plataforma de comunicação “Direção Sem Distração”

A partir desta semana, quando um visitante fizer uma busca no site Webmotors vai se deparar com anúncios de carros batidos, acompanhados da história do acidente, ilustrando os riscos do uso de smartphones ao dirigir.

Para Fernando Miranda, CEO da Webmotors, mesmo com a legislação brasileira proibindo o uso de celulares ao volante – inclusive em paradas temporárias (como semáforos ou engarrafamentos) –, a irresponsabilidade dos motoristas só aumenta. E neste período do ano, por conta das férias e das festas de fim de ano, que intensificam o movimento nas rodovias em todo o país, os números chegam a ser ainda mais alarmantes.

“O celular é hoje a principal causa de distração no trânsito, fato comprovado por inúmeras pesquisas. Os motoristas subestimam os riscos de dirigir e checar suas mensagens no celular, aumentando exponencialmente o número de acidentes fatais. A campanha criada pela Wunderman retrata essa dura realidade, existente não apenas no Brasil, como em todo o mundo”, destaca Miranda.

“Um assunto tão importante quanto esse precisa ser abordado. E a Webmotors se mostrou o parceiro ideal para isso, uma vez que na plataforma deles a gente consegue impactar os motoristas quando eles estão 100% focados, buscando por um carro novo”, comenta Rafael Palermo, diretor de criação da Wunderman.

Além de 10 anúncios diferentes na plataforma Webmotors, a iniciativa inclui um vídeo (veja abaixo) para internet, com sobreviventes de acidentes envolvendo celular ao volante; um site, com uma série de dados estatísticos; mídia out of home; mídia digital; rádio; e um app, desenvolvido para a plataforma Android, que esconde notificações de mensagens quando o motorista está dirigindo e alerta o usuário com a mensagem principal da campanha: “Desliga do celular e se liga na vida”.

Entre os parceiros do projeto estão as empresas de mídia Ótima, JCDecaux, Outdoor Mídia, Fredizak e BTN.

A produção das peças teve apoio da Possible e da Wunderman Montevidéu.

*Estudo do Centro Médico Cohen, Nova York.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.