02/01/2017

Trânsito

Gente boa também mata.

Gente boa também mata

02/01/2017

Sabe aquelas pessoas que ajudam os idosos, cuidam de cachorros de rua, fazem trabalho social voluntário e colaboram com a comunidade? Pois é, essas pessoas acima de qualquer crítica também podem matar. No trânsito. Basta deslizes que muitos acham “pequenos” como responder mensagem no celular ou fazer uma ultrapassagem perigosa.

Feita para o Governo Federal, a campanha criada pela agência nova/sb mostra que não basta ser uma boa pessoa, tem que respeitar as leis de trânsito. “Gente boa também mata” tem filmes para TV, banners, outdoor, animação para painéis eletrônicos, mobiliário urbano, rádio e anúncio. A estratégia faz parte da 6ª edição do programa Rodovida, um esforço integrado de vários órgãos federais, em articulação com estados e municípios, com o objetivo de reduzir e cultivar uma cultura permanente de enfrentamento à violência no trânsito. Confira todas as peças aqui.

Repercussão internacional

Um dos filmes da campanha foi compartilhado por um dos mais importantes jornalistas hispânicos nos EUA, Victor J. Solano, em sua página no Facebook. Solano é apresentador e repórter do principal jornal da Univision, a maior rede em espanhol nos Estados Unidos.

Programa Rodovida

O Governo Federal lançou  em dezembro de 2016 a 6ª edição da operação Rodovida. Trata-se de esforço integrado de vários órgãos federais, em articulação com estados e municípios, com o objetivo de reduzir a violência no trânsito. A operação abrange campanhas educativas, aumento da fiscalização, melhoria da sinalização, parcerias com empresas concessionárias de rodovias federais, ações específicas com caminhoneiros etc.

Estão envolvidos na iniciativa os ministérios da Justiça e Cidadania, das Cidades, da Saúde, da Educação e dos Transportes, Portos e Aviação Civil, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNiT), o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

É uma das estratégias do governo brasileiro para que o País cumpra os objetivos da Década de Ação pela Segurança no Trânsito, lançada em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O Brasil e outros 152 países se comprometeram a adotar medidas efetivas para reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontam que o custo social de acidentes de trânsito em rodovias federais chegou a R$ 12,8 bilhões em 2014.

 


2 respostas para “Gente boa também mata”

  1. Vera vilela disse:

    Nunca vi anúncio mais idiota e sem sentido e minha vida. Um verdadeiro absurdo. Bem a cara desse governo golpista.

  2. Fidelys Fraga disse:

    Nojo dessa campanha. Vcs deveriam ter vergonha. Agora os viloes são os palhaços e defensores dos animais. Será que vcs conseguem dormir de consciência tranquila?
    Nao tenham dúvidas de que o filme de vcs está queimado. Nem tudo está à venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.