Maconha e o trânsito

05/12/2017

Com a descriminalização da maconha, novos desafios para as autoridades de trânsito. Muitos jovens acreditam que ao contrário do álcool, a cannabis não é um problema. Em um esforço para evitar tragédias antes da legalização da maconha recreativa no Canadá em 2018, o grupo de segurança rodoviária RIDE Checks está lançando uma campanha pouco ortodoxa que traz as conseqüências de dirigir “chapado”. A criação é da  BBDO Toronto.

Três novos tipos de cannabis

A campanha traz três “novos” tipos de cannabis. E mostra que, ao contrário do que muita gente pensa, é sim fácil detectar o uso da substância.

Fazendo do próprio produto a mensagem, o cliente e a agência trabalharam  com o produtor de cannabis medicinal Beleave para realmente criar três novas versões da erva. Cada uma delas representa um possível resultado da direção irresponsável:

• Kourtroom Kush promete “uma alegria que não termina bem. Evoca sentimentos de arrependimento, vergonha e culpa, as mesmas emoções que alguém que acabou de ser acusado de condução perigosa”.

• Slammer Time “embala um potente soco, muitas vezes induzindo sentimentos de remorso, paranóia e isolamento do mundo exterior. Os mesmos sentimentos de alguém que foi condenado à prisão perpétua por matar outro motorista ou pedestre “.

• White Whiplash “começa suave e depois o atinge. Esta amarga e ousada cepa foi concebido para encontrar o equilíbrio perfeito da miséria e da devastação. Um resultado semelhante a alguns que sofrem com a dor de sofrer uma lesão por acidente de carro “.

“Ao contrário de dirigir bêbado, ainda não existe um estigma em relação a dirigir chapado”, diz Denise Rossetto, chefe criativa da agência, ao Adweek. “Na verdade, muitos usuários com quem falamos realmente acreditam que são melhores motoristas quando estão chapados. Então, sabíamos que devíamos fazer algo para mudar a percepção pública “.

O produto, com embalagens negativas em preto e branco e cartazes promocionais atrevidos, estará em exibição em algumas vitrines de lojas de maconha medicinal, embora não esteja realmente à venda. Todos os materiais levam os usuários para um site informativo, ConsequenceStrains.com, que possui uma série de vídeos informativos. Você pode ver os quatro filmes educativos abaixo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.