Muito a compartilhar

28/11/2016

aides-parachute-revelation-750x489

aides-dance-revelation-750x489

aides-piano-revelation-750x489

aides-diving-revelation-750x489

Os soropositivos têm muito a passar e não é o HIV. O slogan polêmico e provocador é da nova campanha da ONG francesa AIDES. Lançada dias antes da mobilização global de prevenção à Aids (1/12), os anúncios trazem pessoas reais que passam por tratamento e têm muito a compartilhar. Um coreógrafo, um professor de mergulho e um músico aclamado e seus parceiros foram fotografados pelo fotógrafo Matieu César.

Propositalmente, todos estão sem roupa para destacar que os medicamentos anti-retrovirais agora são tão eficiente que tornam o vírus indetectável no sangue e nos fluidos sexuais. Obviamente a entidade não recomenda dispensar o uso de preservativos – que protege de várias doenças sexualmente transmissíveis – mas reforça que é possível ter uma vida normal e saudável em todos os aspectos. Em tratamento, os portadores de HIV podem não transmitir o vírus mesmo nas relações sexuais. A criação é de TBWA.

A campanha procura abordar a doença de uma forma otimista para reforçar a autoestima dos soropositivos e enfrentar o preconceito que ainda persiste. De acordo com a AIDES, por medo de rejeição, muitas pessoas com HIV deixam de ter relações sentimentais ou sexuais, não se atrevem a falar sobre a sua patologia e até evitam tomar a sua medicação em público. Todas estas situações faz com que se tranquem em uma forma de isolamento, prejudicial à sua qualidade de vida e à capacidade de cuidar da própria sua saúde. 

Na França, 86% das pessoas examinadas e tratadas com HIV têm carga viral indetectável. No entanto, a rejeição na esfera emocional e sexual são particularmente importantes. De acordo com o último levantamento feito pela AIDES em março de 2016, 49,1% dos ouvidos relataram a discriminação que ocorre no contexto sexual.

Sempre polêmica

A ONG francesa AIDES é pioneira em campanhas de prevenção e contra o preconceito. Algumas são bastante ousadas. E você já viu a maioria delas aqui no blog. Clique aqui para relembrar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.