Obesidade infantil

05/06/2017

A obesidade infantil atinge um em cada três crianças no Brasil. São mais de 2 milhões casos por ano. A obesidade não é mais apenas um problema estético, que incomoda por causa da “zoação” dos colegas. O excesso de peso pode provocar o surgimento de vários problemas de saúde como diabetes, problemas cardíacos e a má formação do esqueleto.

Cerca de 15% das crianças e 8% dos adolescentes sofrem de problemas de obesidade, e oito em cada dez adolescentes continuam obesos na fase adulta. (Fiocruz)

Criada para Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil (03/6), a propaganda “A infância passa, o peso fica” iniciativa desenvolvida para conscientizar as pessoas, principalmente os pais em relação ao aumento da obesidade infantil e as consequências provocadas desde cedo pelos maus hábitos alimentares.

O anúncio desenvolvido em três idiomas oficiais tem a finalidade de conscientizar o maior número de pessoas para combater esta doença que afeta milhares de crianças ao redor do mundo.

Segundo a nutricionista Adriana Vieira Nodari a obesidade infantil deve ser tratada como uma séria doença que acomete o físico da criança, mas, também o desenvolvimento psicológico, deixando sérias marcas para o resto da vida, como insegurança, transtornos de comportamento e baixa auto estima. A criação é de Marcelo Toro e Natalie Boregio.

Problema para os adultos também

Um em cada cinco brasileiros está acima do peso, segundo a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgada em abril pelo Ministério da Saúde. De acordo com a análise, a prevalência – número total de casos numa população e num momento temporal – da obesidade no Brasil aumentou em 60%, passando de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016.

O crescente número de casos de obesidade e de suas complicações também foi observado no levantamento do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (Elsa-Brasil), que iniciou uma nova etapa. Segundo o médico Paulo Lotufo, coordenador do Elsa, os que mais ganharam peso foram os mais jovens.

Obesidade infantil não

A Amil, uma das maiores empresas brasileiras do ramo de planos de saúde, tem um site com informações e dicas para os pais enfrentarem o problema da obesidade infantil. O filme acima faz parte da inciativa e foi lançado em março deste ano.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.