Papai Noel contra o câncer

04/12/2017

Uma visita inesquecível do Papei Noel ao Hospital Itaci (Instituto de Tratamento do Câncer Infantil), ligado ao Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Se fosse apenas uma ação com o bom velhinho dando atenção para as crianças internadas já seria bem emocionante. Mas a campanha trouxe ainda mais emoção à tradição: além de trazer presentes, Papai Noel raspou os cabelos, com a ajuda das crianças. E ficou como elas.

Mas é claro que é difícil conter aquele cisco no olho bem antes, quando a menina pede de presente para o Papai Noel que “quer crescer e se tornar uma mulher bem grande”. Mas a campanha nem é do hospital – embora fale sobre a importância de reforçar a autoestima e a alegria das crianças com câncer. É da Canon, reforçando a estratégia de empresa em registrar momentos inesquecíveis, e será veiculado em vários países da América Latina. A criação é da Dentsu Brasil.

Tudo foi registrado em várias fotos – feitas com equipamentos Canon, claro, que mostram o Papai Noel careca e os pequenos. As imagens foram impressas e colocadas na árvore de Natal.

“Quando trabalhamos com pessoas e emoções genuínas, nunca temos certeza de como será o resultado final. Somos sempre surpreendidos com as histórias e as reações. Ver o rosto das crianças e a reação verdadeira do Papai Noel foram situações emocionantes e indescritíveis”, disse Filipe Cuvero, VP de criação Dentsu Creative Group, ao CCSP.

Além do filme, a campanha vai contar em breve, pelo site, as histórias de outras três pessoas que “transformaram o Natal de outras famílias”: a do Papai Noel Caiçara, Cesar Heckler, que desde 2010 assumiu a função de Papai Noel da Apae; a de Tatiane Ramalho, que transforma a vida de outras pessoas por meio da música; e a de Fátima Labigalini, que recebeu para o Natal uma família síria, composta por um casal e mais quatro filhos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.